You are currently viewing ​Transporte de Carga Perigosa: Tudo o que você precisa saber

​Transporte de Carga Perigosa: Tudo o que você precisa saber

Cargas perigosas são todas aquelas de origem química, biológica ou radiológica que possam ser prejudiciais ao ambiente e às pessoas. Para transportá-las, há uma série de regras e leis que garantem a segurança do transportador e dos motoristas nas estradas.
Se você quer saber mais a respeito, continue a leitura!

Produtos perigosos

Os produtos considerados de risco são vários – e todos eles precisam da devida identificação nos documentos e no caminhão onde são transportados.
Eles podem ser:

  • líquidos ou sólidos inflamáveis
  • explosivos (de qualquer natureza)
  • gases
  • produtos transportados a temperaturas altas
  • substâncias radioativas
  • substâncias infectantes
  • substâncias oxidantes
  • substâncias corrosivas

Mas o que saber antes de transportar cada um desses produtos?

A formação do motorista de cargas perigosas

Como para todo e qualquer motorista, o preparo é fundamental. Entretanto, para transportar cargas perigosas, o motorista precisa ser devidamente certificado na área.
A formação do motorista deve incluir preparo para evitar riscos e lidar com emergências. Por exemplo, deve saber em que caso usar ou não a água para apagar incêndios – já que em alguns casos, a água pode potencializá-lo.
O curso para transporte de cargas perigosas tem carga horária de 50h e deve ser renovado a cada 5 anos. Para se matricular, é necessário:

  • ser maior de 21 anos de idade;
  • possuir Carteira Nacional de Habilitação nas categorias B, C, D ou E;
  • não ter sido autuado com infração grave ou gravíssima ou ser reincidente em infrações médias nos últimos 12 meses;
  • não estar cumprindo pena de suspensão do direito de dirigir, cassação da CNH, em razão de crime de trânsito, ou estar impedido judicialmente de exercer seus direitos.
Documentos obrigatórios

Além da formação específica do motorista, alguns documentos são essenciais para transportar cargas perigosas. Dentre eles, estão:

  • Certificado de conclusão do curso de Transporte de Produtos Perigosos (TPP) do motorista;
  • Certificado de Inspeção para o Transporte de Produtos Perigosos a Granel (CIPP);
  • Ficha de emergência;
  • Declaração do expedidor de material radioativo.
Embalagem e acomodação

Para os produtos perigosos embalados, o armazenamento também deve ser feito com cuidado. É fundamental que a substância esteja devidamente identificada e a embalagem seja visível.
Na hora de manusear a carga, todo cuidado é pouco. Para isso, a embalagem deve ser resistente e duradoura.

Identificando o caminhão

Por fim, para transportar cargas perigosas, o caminhão deve conter uma identificação visível que indique a natureza da carga que transporta (seja explosivo, líquido inflamável ou outra substância mencionada acima). O tipo do caminhão e do reboque também são específicos para cada tipo.
Para saber mais sobre as condições do transporte de cargas perigosas e seguros na área, não deixe de fazer uma cotação online!